Atendimento pelo WhatsApp
Olá! Clique em uma das opções abaixo e nós retornaremos o mais rápido possível.
Calibrar manômetro: por que e como fazer?

Calibrar manômetro: por que e como fazer? Aferição de equipamentos industriais



Calibrar manômetro: por que e como fazer? Aferição de equipamentos industriais



Calibrar manômetro: por que e como fazer? Aferição de equipamentos industriais



Calibrar manômetro: por que e como fazer? Aferição de equipamentos industriais



Calibrar manômetro: por que e como fazer? - Ilha Solteira


Calibrar manômetro: por que e como fazer? Calibração de Instrumentos Sorocaba Calibração Manômetro
Calibrar manômetro: por que e como fazer?
  Entre em contato via WhatsApp   Entre em contato via WhatsApp Ilha Solteira

Utilizado na medição de pressão em vários setores industriais e na área médica, o manômetro é um instrumento que exige precauções especiais. Além de empregar equipamentos de alta qualidade, a calibração do manômetro pode ser um fator determinante para obter medições precisas.

 

A fim de ilustrar a importância desse processo, a Calibracom irá explicar como calibrar um manômetro e por que é essencial realizá-lo. Acompanhe-nos!

Calibrar manômetro: por que fazer?

Conforme mencionado anteriormente, o manômetro é um equipamento presente em diversas áreas e apresenta diferentes modelos, incluindo o de mercúrio e o digital, que apresentam funcionalidades e formas de utilização distintas.

 

Devido à sua elevada relevância em vários processos, é fundamental assegurar que o manômetro esteja devidamente calibrado para evitar possíveis erros de medição que, em alguns setores, podem ter consequências catastróficas.

 

Portanto, além da calibração realizada na fábrica, é recomendado que o aparelho seja revisado periodicamente pelo menos uma vez por ano ou conforme a necessidade.

Calibrar manômetro: como fazer?

Diferentes tipos de calibração podem ser realizados em um manômetro, dependendo das necessidades de uso e das características do aparelho. A seguir, apresentamos os tipos de calibração mais comuns:

Calibração Básica

Apenas zerar o manômetro pode não ser suficiente para obter medições precisas. Nesse caso, é possível calibrar o aparelho por meio de uma análise comparativa:

 

  • Utilize um medidor de pressão duvidoso e outro preciso para medir a pressão da mesma fonte, anotando os resultados;
  • Compare os resultados dos dois medidores e repita o processo com outros objetos com diferentes pressões, sempre anotando os resultados;
  • Se o mostrador permitir, faça os ajustes necessários ou, caso contrário, faça uma anotação da diferença apresentada pelo mediador, como "leitura 5mmHg acima" no próprio aparelho.

Calibração de manômetro em Laboratório

Uma outra maneira de obter uma calibração precisa é através da utilização de serviços de laboratórios de calibração, que possuem os equipamentos necessários para realizar esse procedimento. O processo de calibração envolve as seguintes etapas:

 

  • Análise da funcionalidade de todas as funções do instrumento;
  • Coleta de dados para determinar os erros apresentados;
  • Levantamento de dados para realizar os ajustes necessários no equipamento;
  • Modificações apropriadas para garantir que todas as especificações de fabricação estejam adequadas para uso.

Calibração de manômetro digital

A calibração de um manômetro digital segue o mesmo método básico de comparação de medições utilizado em outros tipos de manômetros. Geralmente, envolve conectar o dispositivo sob teste (DUT) a um dispositivo padrão e gerar uma pressão comum no circuito de medição.

 

Dessa forma, as saídas dos dispositivos são comparadas em uma ou mais pressões, começando pelas leituras menores e indo até as maiores da faixa de escala total do DUT ou da faixa normalmente utilizada no dispositivo. O processo continua até que os resultados sejam idênticos e a calibração esteja completa.

Calibração de manômetro: como fazer com eficiência

A calibração é um processo fundamental para garantir a precisão das medições realizadas pelo manômetro. Esse instrumento é amplamente utilizado em diversos setores, como a medicina e a indústria, para medir a pressão de gases e líquidos, incluindo a pressão atmosférica.

 

Porém, é importante lembrar que a sua precisão pode ser afetada por vários fatores, como a temperatura, a umidade e o desgaste natural do equipamento.

 

Para garantir a qualidade das medições, é necessário realizar a calibração periodicamente. Isso pode ser feito de diferentes formas, dependendo do tipo de manômetro utilizado. Para os manômetros analógicos, a calibração pode ser feita através da comparação com um padrão de referência ou com um manômetro calibrado.

 

Já os manômetros digitais possuem sistemas mais avançados de calibração, que geralmente são automatizados e incluem o uso de sensores e dispositivos de controle.

 

Além da calibração, outros cuidados básicos devem ser tomados para garantir o bom funcionamento do manômetro. Um deles é a limpeza regular do aparelho, para evitar que impurezas e sujeiras acumuladas possam danificar o padrão de medição.

 

Além disso, é importante não confiar apenas na leitura "zero" do manômetro, pois esse indicador pode ser afetado por diversos fatores, como o tempo de uso e o desgaste do equipamento.

 

Por fim, é importante destacar que a escolha do manômetro adequado para cada aplicação é fundamental para garantir a precisão das medições. Existem vários tipos de manômetros disponíveis no mercado, com diferentes escalas, faixas de medição e precisão. Por isso, é importante conhecer as características de cada modelo e escolher o mais adequado para cada situação.

 

Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais.

 

Calibrar manômetro: por que e como fazer? Aferição de equipamentos industriais




Mais Informações